sábado, 25 de dezembro de 2010

Labirinto


Sonhos, planos, tudo aquilo que vivemos se perdeu. Choro, choro, vou ficar com as lembranças que a gente viveu. Deixa do jeito que tá, não quero explicação. Pode ir embora eu seguro essa separação. Deixa do jeito que tá que eu me viro sozinho. Eu vou tentar te esquecer achar outro caminho. Sei que não é fácil esquecer o amor de uma vida. Nesse labirinto, solidão parece não ter saída. Sonhos, planos, tudo aquilo que vivemos se perdeu. Choro, choro, vou ficar com as lembranças que a gente viveu. Foi tão lindo. Foi tão bom.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Não aguento mais


Se eu disser que me arrependi, estaria mentindo. Foi uma das noites mais mágicas que já passei. Se eu disser que não dói, também estaria mentindo, pois a dor é insuportável. Se eu disser que te compreendo, também mentiria, pois o que vejo em você é uma incógnita ambulante. Tento entender, tento avaliar os fatos, tento fugir, mas todas as saídas me levam até você. Me desculpe, não consigo. Existe algo mais forte em mim, algo que me trás um ódio insuportável de você, mas que basta passar 5 minutos, esse ódio passa, basta você olhar pra mim e sorrir, pra eu te amar novamente. Me odeio por te amar tanto, me odeio por não saber o que fazer e ficar com cara de tacho. Me odeio por ter medo de falar tudo que está agarrado aqui dentro, porque sei que o que ouvirei não soará bem em meus ouvidos. Me odeio por ficar tão boba ao seu lado, de me submeter tanto a um sentimento desvairado. Quero gritar, quero mandar você ir embora da minha vida, mas na hora que é pra sair da boca, minha voz some. Sinto arrepios ao lembrar-me da cena vivida. Fecho os olhos e a cena vem em minha mente. Se meu olhar fixa num ponto somente, é o suficiente para a lembrança voltar. Me pego sonhando acordada o tempo todo. Estou em outro planeta, estou voando entre nuvens de algodão. Não quero mais isso, por favor, faça parar. Não suporto mais todo esse sofrimento. Afasta de mim essa dor.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Sem rumo


Estamos num barco, navegando para o impossível. Muitos já desistiram de esperar e se jogaram no mar, com a esperança de, quem sabe, ele alivie sua dor. Olho pra trás e só vejo água, não consigo ver meu ponto de partida e muito menos meu ponto de chegada. Vejo apenas o horizonte e sou guiada pela força do vento, vou aonde ele quiser me levar, sem rumo. Os dias e noites passam. Avisto um pedaço de terra, ancoro e desço para averiguar. O resultado foi frustrante: terra abandonada, sem população local, sem suprimentos. Volto para dentro do barco, junto de meus companheiros, retorno para o mar adentro e espero até aparecer a tão sonhada terra. Enquanto ela não aparece, sustento-me pela esperança de um dia conseguir pisar em solo seguro. Quem sabe esse barco não afunda de vez, assim ameniza essa dor insuportável que está aqui dentro.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A mentira

Hoje falarei sobre a mentira. Acho que mentira é uma das coisas que meu mais não suporto. Não vou falar que nunca menti, pois assim estaria sendo hipócrita. Aliás, hipocrisia é outra coisa que não gosto e que vive juntinho da mentira. Pessoas mentem o tempo todo, para desmarcar um compromisso, para fugir de alguém. O engraçado é que pensam que as pessoas nunca vão descobrir. Certa vez, “reatei” com meu ex-namorado e uma semana depois, terminamos de novo. Mas no dia seguinte, procurei-o para falar algumas coisas. O que ele fez? Ele me ignorou. No momento doeu mais que álcool em ferida exposta, mas foi bom pra eu me desligar dele. Semanas depois perguntei o motivo de ele ter me tratado daquela maneira e, da forma mais sincera, ouvi: “foi porque eu não queria te iludir”. Fiquei contente de saber que ele queria meu bem; ele não mentiu, ele apenas arrumou uma forma de sair pela tangente. E funcionou, funcionou porque foi seguido da verdade.
Quando falamos de mentira, lembramos logo de namoro, essas coisas. Mas não é só no namoro que abrange, envolve amizades também. Mal avaliando, mentira em namoro é em maior escala, mas é mais “bem aceita”, digamos assim, pois existem muitas limitações. Mas quando tomamos mentira em amizade, o buraco é mais em baixo. Vamos dizer: o que é o amigo? Amigo é aquele pra quem você conta seus segredos, seus sonhos, seus desejos, suas fraquezas... O amigo sabe tudo de você, vocês trocam confiança. E, se ele mentiu, onde fica a confiança de vocês? Namorado (a) pode não ser pra sempre, mas o amigo é. E o maior laço que pode existir entre duas pessoas é a confiança. Mas como confiar naquele que mente pra você? Pior ainda quando acontece com melhor amigo.
            Sabe, eu sou muito observadora. Pego os mínimos detalhes e percebo, muitas das vezes, quando um amigo meu mente pra mim só pelo modo de falar, caso esteja no telefone; e se eu estiver pessoalmente com ele, a probabilidade de eu descobrir a mentira aumenta. Quando eu era pequena, minha mãe usava dois ditados para distinguir a mentira:
Mentira tem perna curta
e
O diabo fez a panela, mas esqueceu de fazer a tampa”.
Gente, é exatamente assim. Pelo fato de eu ser muito observadora, vejo as falhas das pessoas. Elas se contradizem muitas vezes. Mas faço-me de desentendida.
            O que mais me surpreende é o fato de que as pessoas não se importam de maneira alguma com a pessoa que está sendo enganada (lembremos que enganação é sinônimo de mentira). Digamos, você mentiu para sua mãe. Falou que não poderia ir ao mercado com ela porque estava passando mal. Ela vai sozinha ao mercado e você fica na Internet até a hora de ela voltar. Mas você já parou pra pensar que ela estava querendo uma companhia, alguém para ajudá-la a empacotar as compras..? Pois é, você só pensou em si. Opa! Descobrimos mais uma coisa que anda com a mentira: o egoísmo. Ainda por cima, de lá do mercado, sua mãe, sozinha, pensa em como você está em casa, se está melhor e etc. Você traz preocupação à pessoa que só quer o seu bem por puro capricho seu. Agora se ponha no lugar da pessoa para quem você mentiu. Você gostaria que seu melhor amigo mentisse pra você? Creio que não, né? Então vamos fazer um acordo: você só mentirá na pior das hipóteses, e quando for para o próprio bem da pessoa. Ok?
            Mais uma coisa, fugir não adianta de nada. Encare a verdade logo. Você já viveu de uma mentira e viu que não foi nada bom pra você. Pra quê dar aos outros algo que você provou e não gostou? Reflita.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Estourou a Guerra

Centenas de homens fardados entram em devidos locais. A “força” local reage. Entre as duas potências: pessoas inocentes, que foram fadadas a passar por essa Guerra simplesmente por não ter renda o suficiente, simplesmente por ser excluído socialmente. Conseguimos ver no cenário histórico, diversas Guerras, porém com um objetivo sólido, mas aqui é diferente. É o bem contra o mal e, infelizmente, não é como em filmes que o bem sempre vence sem nenhum arranhão, o bem pode até vencer, mas muito sangue inocente é derramado. Leio inúmeras piadas pela Internet de quem está num lugar seguro, distante desta guerra. Brincam, zombam de todos nós, aqueles que estão no meio desse fogo cruzado, literalmente. A profecia se cumpre, mais uma vez. O desespero me cerca, impossível não se comover com uma cena dessa, impossível não se revoltar diante dessa situação. Refugio-me em um lugar seguro da casa e espero até passar, rezo e peço a Misericórdia de Deus. Isso é muito mais aterrorizante ao vivo do que pela TV. Você, atrás de sua televisão, não escuta os estrondos barulhos de tiro, não se preocupa em se esconder, porque o tiro não vai atravessar sua tv e chegar até você, mas a nós sim, corremos esse risco. Peço que, pelo menos, tenha respeito a nós que moramos nestes lugares e àqueles que estão arriscando suas vidas pelo bem de todos. Pra quem não teve a oportunidade de assistir no cinema, eis ai Tropa de Elite, a série, em 3D.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Reconhecendo um idiota


Bom, neste texto usaremos “idiota” como alguém do corpo masculino, mas serve para mulheres também.

Idiota é aquele que procura tanto a felicidade, mas fecha os olhos quando ela aparece do seu lado – às vezes ela ta ali há tempos e ele nada faz, apenas ignora. Idiota é aquele que, para afogar as mágoas, sai à noite e volta no dia seguinte de manhã totalmente bêbado. Idiota é aquele que está sempre batendo na mesma tecla, insistindo no erro. Idiota é aquele que sabe seu elevado valor e se coloca em “liquidação”. Idiota é aquele que tem uma alma grande e cheia de brilho e a entrega a um outro idiota cego. Idiota é aquele infeliz que estraga seu próprio corpo só porque levou um pé na bunda. Idiota é aquele que deixa seus amigos de lado por causa de um outro idiota.
Quando pequena, tinha aqueles cadernos de verso e tinha um que eu mais gostava, por incrível que pareça, lembro direitinho dele:

A felicidade bateu em minha porta
Vacilei, não quis abrir
Pensando que era a saudade
Que vive a me perseguir
Bateu de novo com força
E não mais insistiu
Desceu as escadas em silêncio
E pra sempre partiu
Partiu deixando na porta
Essas palavras fatais:
“Eu sou a felicidade
E não voltarei nunca mais”

Resumindo aqui a situação, o maior idiota é aquele que tem medo de arriscar, pensando que vai quebrar a cara. Eu era essa idiota, mas hoje não sou mais. Aprendi que para cada janela fechada, existe uma porta aberta e que nem todo mundo é filho de uma mulher da vida. Se você está preocupado demais em não arriscar, preocupado demais com quem gosta de você, preocupado demais para não seguir em frente, desculpa, você é o idiota do qual estou falando ;).

PS: esse idiota existe e, provavelmente, leu ou está lendo essa mensagem!

domingo, 21 de novembro de 2010

Você foi meu heroi, meu bandido


Os tempos mudaram, os dias passaram e muita coisa mudou. Já não te abraço ao acordar, não pulo em seu colo ao te ver chegar do trabalho, não danço mais pagode em cima de seus pés, já não mais assopro a espuma de sua cerveja. São poucos os momentos em que me recordo, mas são suficientes para fazer-me saber de sua importância em minha vida. Sinto saudade de você me colocar nos ombros e sair comigo por ai. Sinto saudade da sua risada, do seu carinho, da sua barba fazendo cócegas em mim. Foram apenas quatro anos de convivência, mas você é parte de mim. Já cheguei a me revoltar contra ti, não aceitei sua ida e me revoltava cada vez mais me tornar segundo plano em sua vida. Mas, com o tempo, fui percebendo que isso era coisa da minha cabeça, eu nunca fui segundo plano, apenas o destino nos distanciou, mas o amor que existe em nós, nunca deixou isso acontecer. Só lamento um pouco não ter te conhecido mais. Às vezes falo, brinco, dizendo que foi melhor assim, mas no fundo só eu sei o quanto dói não ter tido uma figura masculina pra ser meu herói, só eu sei o quanto doía ir às festas de dia dos pais na escola, em que você era o único pai ausente; meu coração enchia de esperança, pensando que você poderia aparecer em algum momento, mas a sua cadeira sempre estava vazia. Por muito tempo, fiquei sem notícias suas, acordava inúmeras vezes no meio da noite chamando pelo seu nome, chorando desesperadamente. Você foi meu heroi, meu bandido. Eu sinto muito sua falta, imagino como seria minha vida, agora, com você aqui. Talvez me proibisse de ficar na Internet até tarde, talvez me mostraria o verdadeiro sentido de estar de castigo, talvez estaria na primeira fila com minha mãe assistindo minha peça de teatro. Acho que muita coisa seria diferente, se você estivesse aqui. Você está distante de mim, e confesso que em muitos dias meu peito dói sentindo sua ausência, afinal já são quase dois anos sem te ver. Bom, só quero dizer, através dessa carta, que você é muito importante pra mim. E hoje, seu aniversário, quero te desejar toda a felicidade do mundo. Você nunca deixará de ocupar um lugar no meu coração, pois podem te tirar de mim, te afastar, levar-te para longe, mas de lá, ninguém pode te tirar. “Pode ser que daqui a algum tempo haja tempo pra gente ser mais, muito mais que dois grandes amigos, pai e filho talvez.”. Te amo, meu velho, eternamente. Perdoe-me por qualquer coisa que tenha cometido contra ti.Repito mais uma vez: te amo e nada do que aconteceu até hoje mudou isso. Parabéns, que Deus te abençoe.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Suma da minha vida

Não lhe dou o direito
de regular o que faço
nunca fui perfeito
mas busco mais que abraços.

Não lhe dou nem mais razão
nem a metade de mim
te repito apenas meu não
pra que suma de vez daqui.

Eu nunca quis tua pena
nem essa tua insensatez
quero de um homem o intenso
como se fosse a primeira vez.

Por isso vá!
esqueça que já te amei de verdade
que nas garras de um outro olhar
eu quero ser feliz de verdade.

Outra Vez ♫

Você foi o maior dos meus casos. De todos os abraços, o que eu nunca esqueci. Você foi, dos amores que eu tive, o mais complicado e o mais simples pra mim. Você foi o melhor dos meus erros, a mais estranha história que alguém já escreveu. E é por essas e outras que a minha saudade faz lembrar de tudo outra vez. Você foi, a mentira sincera, brincadeira mais séria que me aconteceu. Você foi o caso mais antigo e o amor mais amigo que me apareceu. Das lembranças que eu trago na vida, você é a saudade que eu gosto de ter. Só assim sinto você bem perto de mim, outra vez. Me esqueci de tentar te esquecer. Resolvi te querer, por querer. Decidi te lembrar quantas vezes eu tenha vontade, sem nada perder. Ah! Você foi toda a felicidade. Você foi a maldade que só me fez bem. Você foi o melhor dos meus planos e o maior dos enganos que eu pude fazer. Das lembranças que eu trago na vida, você é a saudade que eu gosto de ter. Só assim sinto você bem perto de mim, outra vez....

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Olhos Vendados


Sinceramente, eu gostaria de saber o que se passa na cabeça das pessoas. Se esquecem do valor que têm e usam de covardia para ter aquilo que querem, chegando a escravizar o outro. Não se cansam das provocações, das maldades. Não enxergam que seu limite chegou e deixam-se guiar pela paranóia. Há muitas coisas em jogo, muitas vidas envolvidas e mesmo assim, preferem vendar os olhos para tudo que tem em seu redor. Tomam-se de imaturidade, focam somente o que querem e esquecem que o que está em jogo é um ser humano, assim como ele mesmo. Sua possessão aumenta cada vez mais, isola tudo o que não é necessário pra você na vida de outrem. Optam pelo mal, porque através dele tudo será mais fácil e ainda tem coragem de se esconder em capa de Monge. Não tem capacidade de enxergar o mal que está fazendo, só se importa consigo mesmo e não percebe que outro está quase morto, não percebe que sua alma está sendo tomada por toda essa enfermidade, sim enfermidade, porque isso já se passou de algo que se possa controlar, você está doente e está deixando os outros doentes também. Acorde para a realidade, volte para a vida normal, isso não é um filme, novela ou algo premeditado. Ainda há tempo de voltar, há tempo de se redimir. Pense bem em tudo que está fazendo. Sua vida também está em jogo. Volta pra realidade, volta!

Uma alegria para sempre

"As coisas que não conseguem ser
olvidadas continuam acontecendo.
Sentimo-las como da primeira vez,
sentimo-las fora do tempo,
nesse mundo do sempre onde as
datas não datam. Só no mundo do nunca
existem lápides... Que importa se –
depois de tudo – tenha "ela" partido,
casado, mudado, sumido, esquecido,
enganado, ou que quer que te haja
feito, em suma? Tiveste uma parte da
sua vida que foi só tua e, esta, ela
jamais a poderá passar de ti para ninguém.
Há bens inalienáveis, há certos momentos que,
ao contrário do que pensas,
fazem parte da tua vida presente
e não do teu passado. E abrem-se no teu
sorriso mesmo quando, deslembrado deles,
estiveres sorrindo a outras coisas.
Ah, nem queiras saber o quanto
deves à ingrata criatura...
A thing of beauty is a joy for ever
disse, há cento e muitos anos, um poeta
inglês que não conseguiu morrer."


Mario Quintana

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Não vale a pena

Não jogue tudo fora, sua vida vale muito mais que isso. Você está magoada, isso é fato, mas o mundo não é igual àquele canalha que te sacaneou. Você é muito mais que isso, amor, olhe ao seu redor e então descobrirá um mundo de maravilhas. Pare um pouquinho, respire e olhe para seu lado, olhe para trás e veja aquela pessoa que, sem você nem perceber, ela esteve sempre ao seu lado. Te apoiou quando mais precisou e, mesmo contra o mundo, te ajudou. Tire as escamas dos olhos, bobinha. A vida é muito para ser insignificante. Existe um mundo de possibilidades pra você, e cada dia que passa você cresce mais, aprende a lhe dar com as coisas da vida e aprende que nada acontece por acaso. Entenda que cada pessoa que passa em nossa vida deixa um pouquinho de si e leva um pouco de nós. Então, encare isso como experiência. O seu verdadeiro amor está por ai, escondido, mas está. Basta esperar, a dor é passageira, e o conforto e a alegria vem logo pela manhã. Tenha fé.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Eu prometo


Prometo, do fundo do meu coração não te abandonar. Prometo sair quando me mandar ir embora. Prometo te fazer dormir com meus carinhos. Prometo te cuidar como meu. Prometo te guiar na escuridão. Prometo fazer brotar um sorriso em seu rosto quando estiveres triste. Prometo não mais rir quando caíres e prometo te levantar na mesma hora. Te prometo meu colo para suas recaídas da vida. Prometo ensinar-te passos de dança sofisticados. Prometo pedir pinico quando brincarmos de lutinha. Prometo torcer, gritar contigo pelo teu time. Prometo te ajudar em tuas burradas da vida. Prometo te servir de refúgio. Prometo rezar e zelar por ti pelo resto da minha vida. Prometo o que quiseres que eu prometa, só não prometo te esquecer, porque isso vai além das palavras, além de qualquer promessa, além do entendimento humano, além das leis de Newton, Dalton ou Murphy. Implica com o amor, e o meu amor prometeu sempre estar com você.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Admita

Um dia você vai acordar
E quando abrir os olhos vou estar ao lado seu
Um dia você vai acordar
E perceber que o seu grande amor sempre fui eu
Eu sei que é muito chato te ligar agora
Já são quase quatro horas da manhã
Não consigo dormir
Eu sei que você tá numa deprê danada
E que também perdeu o sono
E com certeza tá pensando em mim
Sua amiga me disse tudo não adianta esconder
Eu tô por dentro da situação
Admita que esse cara só te faz sofrer
Enquanto eu te quero você quer solidão
Um dia você vai acordar
E quando abrir os olhos vou estar ao lado seu
Um dia você vai acordar e perceber que o seu grande amor sempre fui eu

César Menotti e Fabiano

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O Inexplicável


Há tantas coisas acontecendo ao meu redor. Estou passando por inúmeras provações e uma delas está relacionada à minha fé. Sabe quando entregamos algo na mão de Deus e algumas vezes fraquejamos, pensando negativo? Pois é, é isso que ta acontecendo comigo. Tenho fé no poder Dele, creio em sua misericórdia, mas às vezes algo me tira o chão, sei lá, de repente quando as coisas começam a não fazer sentido, desconfio do meu próprio potencial, e pior, desconfio da graça de Deus. Mas isso dura milésimos de segundo e Ele vem me mostrar o quanto to errada em pensar assim. Sinceramente, só sendo Deus mesmo para ter tanta paciência, ver que seus fiéis às vezes duvidam Dele e mesmo assim concede sua graça. Toda vez que algo vem me tirar o chão, me faço a seguinte pergunta “onde está tua fé?”, e tudo aquilo que parecia perdido, começa então a tomar sentido, tomar forma, cor. Sinto, no profundo do meu ser, que esse sofrimento está acabando. Sinais, que nem eu mesma consigo entender, me mostram que a saída está perto. E, não sei, sinto meu coração doer, mas uma dor bem gostosa, parece que ele volta a se encher de esperança. É algo inexplicável. Mas lembre-se, quando não achamos explicações humanas para algo, significa que é a mão de Deus que está agindo sobre nós. O inexplicável se explica simplesmente por ter fé.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Meu lugar ♫


Em algum lugar, longe daqui, alguém pensa como eu. Certo ou errado eu não mudo e te esqueço, como alguém já esqueceu. Um dia eu vou te ver e você vai me encontrar calado e chorando te pedindo pra voltar. Não dá pra esconder o que insisto em sentir, ninguém esquece. Assim tão fácil seria se nós ouvíssemos a mesma voz, que vem do coração, que bate sem parar. Em algum lugar, longe de ti alguém se arrependeu. Sigo os teus passos e, mudo, eu fico sozinho, pois há quem já te perdeu. Um dia eu vou te ver e você vai me encontrar, ao lado e tão distante procurando o meu lugar. Não dá pra esconder o que insisto em sentir, ninguém esquece. Assim tão fácil seria se nós ouvíssemos a mesma voz, que vem do coração, que bate sem parar.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Não tenhas medo, pois Eu estou aqui

            Há um certo tempo atrás, tive um sonho muito ruim. Sonhei com o ‘inimigo’. Após aquele sonho, tudo o que acontecia ao meu redor era motivo para ter medo: um barulho, a sombra de alguém, as folhas da árvore se mexendo durante a noite. Desconfiava de tudo e todos. Só conseguia dormir com a luz do corredor acesa e, mesmo assim, era preciso fechar os olhos logo ao deitar-me, pois me apavorava com qualquer sombra feita na janela.
            Preocupada, minha mãe não sabia o que fazer. Meus amigos sempre me apoiavam e faziam de tudo para levantar minha auto-estima, mas todo esforço era em vão. Nada conseguia me acalmar. Foi então que alguém, em algum lugar, não agüentou ver todo meu sofrimento e desespero e decidiu por tomar uma atitude.
            Numa sexta à noite, tentando estudar para uma prova, aquele medo reapareceu. Estava, aparentemente, sozinha. Todos já estavam dormindo. Vi uma sombra e entrei em desespero. Lembrei da música que mais me acalmava: Foi por você – Anjos de Resgate. Coloquei, pois, o fone de ouvido. Ainda assim, não me acalmei. Decidi fechar os olhos e algo muito estranho aconteceu. Mesmo com os olhos fechados, conseguia visualizar meu quarto, mas em tom de sépia. Foi quando, então, vi um homem bem alto, usando umas vestes estranhas entrando pela porta de meu quarto. Tinha cabelo cacheado até o ombro. O surpreendente foi que não consegui ver seu rosto, havia um clarão sobre ele. Este homem se aproximou, colocou sua mão em meu ombro e disse “Pra quê ter medo? Não se preocupe, eu estou aqui!”. Alisou meus cabelos, deu um beijo em minha testa e saiu pela porta.
            Abri os olhos e fui atrás, procurei-o e não o achei. Senti meu peito inflar como um balão, meu corpo estava quente e meu coração vibrando como nunca. Me senti tão confortável a partir daquilo. Sentia arder o seu amor em mim. Queria gritar, contar para todo mundo o que havia acontecido. Acordei minha mãe, tentei explicar o que havia acontecido, mas ela não entendia nada do que eu falava, já que eu não parava de chorar.
            Levo comigo até hoje essas palavras. E tenho orgulho em dizer: Cristo me ama!

Carolina Gambati
06/10/2010

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Experienciar o Amor

            Quando o policial entrou naquele quarto, a cena que mais chamou a sua atenção não foi o brutal assassinato seguido de suicídio, mas aquela menina linda, encostada no canto da parede, com um olhar de dor e tristeza, mas, ao mesmo tempo, de serenidade.
            Que cena terrível! Aquele casal, agora morto, nunca tinha vivido bem. Desde muito jovens, ambos eram usuários de drogas. Aliás, se conheceram por causa das drogas. Os vizinhos não sabiam muitas coisas sobre eles, e não ser que tanto o rapaz quanto a moça eram drogados. E que tinham uma filha, mais nada.
            As brigas naquela casa pequena eram constantes. Os vizinhos já estavam acostumados com a gritaria e a quebradeira de coisas. Mas naquela noite a coisa foi pior do que nos outros dias. Ao ouvirem o barulho de tiro, chamaram a policia, que chegou tarde demais.
            Quando faltava a droga, o rapaz se descontrolava completamente. A moça saía para tentar consegui-la, mas nem sempre trazia a droga esperada. Naquela noite ela saiu e não conseguiu nada. Voltou de mãos vazias. Ele tinha cheirado a ultima carreira de cocaína. Estava alucinado, queria mais e mais. Não quis saber de explicações. Ele precisava de mais cocaína. Como a esposa não trouxe a droga, ele partiu para a violência física. Ela tentou se defender. Ele perdeu o controle da situação e acabou atirando certeiramente em seu peito. O terror da droga e da morte lhe provocou pavor. Acabou cometendo suicídio.
            Talita, a única filha está ali. Presencia tudo. O policial percebe a gravidade da situação e imediatamente tira a menina do quarto. É levada para o Conselho Tutelar. Não tem nenhum parente ou conhecido na cidade. Ninguém sabe nada a seu respeito a não ser por aquilo que os jornais retrataram em suas primeiras paginas.
            A pequena foi viver com uma família que teve a coragem de adotá-la mesmo sabendo de seu passado tão terrível. A mãe adotiva foi procurar o padre e pedir ajuda, já que Talita nunca tinha freqüentado igreja, não conhecia os sacramentos e nem tinha sido batizada.
            O padre ficou feliz com a atitude da família adotiva e providenciou para que a criança ingressasse num pequeno grupo de catequese. Como a historia de Talita era muito triste, o padre se encarregou de conversar com a catequista, para que a menina pudesse ser devidamente preparada e receber os sacramentos do Batismo e da Primeira Eucaristia.
            Preocupada com a nova aluna, a catequista caprichou na aula inaugural. Como Talita não sabia nada de catecismo, era preciso uma dinâmica apropriada. A catequista levou para a sala de aula uma pequena e linda imagem de Jesus Misericordioso. Colocou a imagem sobre a mesa e a cobriu com uma toalha branca.
            A criançada foi chegando e tomando lugar nas cadeiras preparadas em circulo em torno da mesa. Depois das costumeiras apresentações, a catequista disse que aquela era uma aula muito especial, já que iriam aprender sobre a pessoa mais importante do Universo.
            Para provocar as crianças, tirou a toalha que encobria a imagem e pediu que levantasse a mão direita a criança que soubesse o nome daquele homem.  Para surpresa sua, entre as crianças que levantaram a mão estava Talita.
            - Você sabe o nome dele, Talita?
            - O nome eu não sei não, professora.
            - Então, por que você também levantou a mão?
            - Porque mesmo não sabendo o nome dele, eu tenho certeza absoluta: no dia que papai e mamãe morreram, foi esse homem que ficou o tempo todo segurando a minha mão!



Pe. Léo, scj – Livro “SEGREDOS PARA A CURA INTERIOR”

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Amar por quem não Te ama

Há cerca de um mês, enquanto conversava a respeito dos rumos que a juventude católica tem trilhado, me veio ao coração uma imagem que jamais tive a ousadia de pensar. Creio por isso que me tenha sido genuinamente inspirada pelo coração de Deus. Na imagem, eu me via entrando pelo corredor central de uma imensa igreja. Sobre o altar, ladeado por duas velas, via o ostensório expondo à adoração o Santíssimo Corpo de Cristo. Porém, todo o templo estava vazio. E além de vazio, parcamente iluminado pelas velas do altar e por frios feixes de luz que atravessavam os vitrais. O altar e o presbitério desnudos, vazios de qualquer ornamento que honrasse a presença Eucarística de nosso Senhor. E ao aproximar-me um pouco mais, pude discernir no chão da igreja, caídas, estilhaçadas, as imagens dos santos que compunham a beleza contemplativa do templo. Esta era a cena que me vinha aos olhos do coração: as imagens dos santos espedaçadas pelo chão do templo frio e vazio, em cujo altar a Presença Eucarística de Nosso Senhor Jesus Cristo permanecia solitária e esquecida.
Com profunda tristeza no coração eu pensava no que podia significar essa imagem e o que me queria dizer o Senhor com ela. Ao longo dos dias em que passava pensando no assunto e na imagem, ia sentindo que algo muito intenso crescia em mim, um firme desejo de responder com maior doação e entrega aos sonhos Dele para nós, juventude católica PHN. Buscar mais intensamente Sua Vontade para que Ele me sustente na santidade que me inspira. Sentia então que ia chegando ao significado dos detalhes da imagem que me dera o Senhor e que aqui desejo partilhar.
A primeira coisa que compreendi foi a respeito da presença de Jesus sobre o altar mesmo na fria solidão daquele templo. Sentia no coração a profunda certeza de que Ele sempre estará sustentando a Sua Igreja, em eterna oblação no Calvário do Altar. Exposto, entregando-se eternamente como alimento de santidade aos que compõem o corpo místico da Esposa do Cordeiro. Mas logo senti outra indagação na alma: se está o Senhor exposto no altar, onde estão os ornamentos e flores que deveriam enaltecer o Trono Eucarístico do ostensório? E mais ainda: onde estão os adoradores?
A resposta veio-me como um raio, ferindo e incendiando meu coração. Sentia como se o Senhor me dissesse: “Já não há mais adoradores! É preciso que minha juventude volte a estar aqui diante de mim!”. E esta é a mensagem que gostaria de dividir aqui com meus irmãos de caminhada: As flores que adornam o altar de Nosso Senhor Jesus Cristo são a nossa juventude entregue a um verdadeiro espírito de adoração. Nós somos os ornamentos que atrairão os olhos e corações para Jesus. Somos nós as flores que, sem renunciar à nossa beleza particular, apontamos tão somente para Ele, e unicamente por Ele temos razão de estar aí. “Quantas vezes estamos na igreja por todos os motivos do mundo, menos por causa de Jesus Cristo?” eu me perguntava. Nossa energia de jovens, entusiasmo, alegria e até a santa rebeldia da juventude precisa mais do que nunca florir e perfumar a Igreja, para que o mundo veja em nós o sinal da nova humanidade gerada a partir do mistério da tumba vazia. Uma juventude ressurrecta, curada, alimentada na Eucaristia, com uma fornalha de amor no peito! Precisamos honrar o mistério Eucarístico tal quais as flores que honram o altar de Cristo em Sua Santa Igreja!
Como se já não fosse o bastante tudo isso, ainda uma parte da imagem não compreendia: por que jaziam quebradas, destruídas, as imagens dos Santos da Igreja? Senti mais uma vez a voz do Senhor dizendo-me: “Os fiéis estão caindo! É preciso ser fiel por aqueles que já não são!”. É chegado o tempo de a juventude católica assumir para si a santidade que Deus espera de nós! Basta de vidas vazias e santidade de vitrine! É tempo de testemunharmos autenticamente o amor de Cristo, testemunho fiel e decidido no lugar dos que não são fiéis. Ao mesmo tempo vemos tantos irmãos de caminhada caídos, cansados, desmotivados, entregues a prisões das quais o Senhor já os tinha libertado... Portanto, nosso testemunho, antes de ser jogado na cara desses que se perderam, precisa ser um testemunho sacrifical, de amor pelo Senhor no lugar dos que Dele se esqueceram; precisamos viver um testemunho intercessório, que leve ao altar de Deus estas almas preciosas que Ele deseja ter de volta em Sua Casa; e um testemunho incendiário, que lhes abrase o coração e lhes dê o desejo de voltar ao coração de Deus.
Em cada inspiração que me dava o Senhor acerca da imagem, uma certeza me vinha ao coração: somente por meio de um profundo amor eucarístico tal testemunho será possível! Um amor eucarístico em dois sentidos: primeiro, um coração profundamente tocado por Deus, adorador do corpo, sangue, alma e divindade de Jesus na Eucaristia. E enfim, um amor com o Coração Eucarístico do Senhor, coração rasgado, entregue, consumido de amor pelos irmãos.
Confesso que muito mais do que um canal desta mensagem do Senhor à juventude, sinto-me alvo dela. Ainda que soasse absurdo, senti desde o inicio que vinha de Deus a inspiração desta reflexão e não poderia trancafiá-la em mim. Longe de sentir-me isento de tudo isso, desejo ser o primeiro a ser tocado pela voz de Deus para que Ele me leve a ser ainda mais fiel aos Seus desígnios. Desejo estar diante Dele e adornar seus átrios com a flor da minha juventude, e trazer para o Seu altar, no meu coração, todos que um dia ouvirão a voz de Deus se eu tiver a coragem de viver com fidelidade o meu testemunho.
Desejemos isso, Geração PHN!
Sejamos fiéis na santidade, pois há almas a serem salvas por força do nosso testemunho!


“Te amar por quem não te ama
Te adorar por quem não te adora.
Esperar por quem não espera em Ti,
E pelos que não crêem eu estou aqui!”
Com carinho e orações
Roberto Amorim



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Rompendo em fé

Cada vez que a minha fé é provada, Tu me das a chance de crescer um pouco mais. As montanhas e vales, desertos e mares que atravesso me levam prá perto de Ti. Minhas provações não são maiores que o meu Deus e não vão me impedir de caminhar. Se diante de mim não se abrir o mar, Deus vai me fazer andar por sobre as águas. Rompendo em fé, minha vida se revestirá do Teu poder. Rompendo em fé, a cada dia vou mover o sobrenatural. Vou lutar e vencer, vou plantar e colher, a cada dia vou viver rompendo em fé

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Te louvo em verdade


Mesmo na tempestade, mesmo que se agite o mar, te louvo, te louvo em verdade. Mesmo longe dos meus, mesmo na solidão, te louvo, te louvo em verdade. Pois somente tenho a Ti, Tu és minha herança. Te louvo, te louvo em verdade. Mesmo que me faltem as palavras, mesmo que eu não saiba louvar, te louvo, te louvo em verdade. Mesmo que me faltem as palavras, mesmo que eu não saiba louvar, te louvo, te louvo em verdade

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Tá pensando o quê ?


Peraí, ele ta pensando que é quem? A ultima coca-cola do deserto, ou a última bolacha do pacote? Será que ele cogita a possibilidade de que sem ele eu não sei viver? Vem cá querido, ta faltando neurônios ai dentro da sua cabecinha, ou deram marteladas nela e você não ta agindo com coerência? Me explica o que ta acontecendo. Alias, não explica não. Deixa eu te explicar. Você é um homem como qualquer outro homem que a gente acha em qualquer esquina. Sim você é lindo. Realmente eu gosto muito de você. Mas é por isso que você se acha no direito de brincar com a minha cara e fazer de mim o que você quer? Acorda para a realidade meu amor. Gostar de você só te possibilita estar comigo, caso você queira, caso não, vai embora. Mas vai embora calado. Não pense você que vai poder me usar depois para consolo, quando estiver sozinho ou cansado. Nem adianta pensar que quando quiser eu vou estar aqui te esperando e muito menos achar que vou ficar por muito tempo sofrendo. Não ter você comigo vai ser ruim? Claro. Posso até chorar, mas a alegria vem de manha. Eu não vou ficar me desgastando por alguém que não quer saber de mim. Não adianta pensar que eu sou igual a todas as outra garotas que você está acostumado a lidar que imploram por um olhar seu, e ainda aguentam esse seu descaso. Eu não nasci para ser otária, entendeu? E não é você e nem homem nenhum no mundo que vai mudar isso. Então abaixa a sua bola e fala direito comigo, pense milhões de vezes quando for tocar no meu nome, e se for para falar algo ruim ao meu respeito tenha a coragem de olhar nos meus olhos e falar tudo, porque se for verdade eu assumirei. Mas se for mentira, você só estará me provando que não é nada daquilo que eu pensava, mas sim o que milhões de pessoas me avisaram: um moleque disfarçado de homem.

Ela queria ele...


ele queria ela e outras; ela sofria, ele nem ligava; ela chorava, ele ria; ela falava, ele não ouvia; ele mentia, ela acreditava; ela o esperava, ele não voltava. ela queria coisa séria, ele só queria se divertir; ela demonstrava seus sentimentos, ele brincava com seus sentimentos; ela sorria pra ele, ele ria dela; ela acreditava em tudo que ele dizia, ele dizia o mesmo para αs outras; ela se iludia, ele alimentava a ilusão; ela espera por ele, ele já está em outra. ela ama, ele gosta; ela fazia tudo por ele, ele dizia não se contentar com tão pouco; ela achava que ia dar certo, ele tinha certeza que ia dar errado; ela queria pra sempre, ele só por um momento; ela se entregava, ele evitava; ela falava: eu te amo, ele apenas sorria; ela ficava por conteúdo, ele ficava por quantidade; ela procurava o príncipe, ele procurava a próxima. ela queria "O", ele queria "UMA"; ele descobriu que ela era A ÚNICA, ela descobriu que ele era só MAIS UM.

sábado, 4 de setembro de 2010

E se eu morresse amanhã ?


Às vezes fico pensando, e se eu morrer amanhã ? Será que certas pessoas sentirão falta de mim ? Será que algumas pessoas se arrependerão de algo que poderiam ter me dito, e não disseram? Fico pensando não só nos outros, mas em mim também. Acho que, se eu soubesse,  faria tanta coisa que seria capaz de morrer cansada rs. Mas falando sério, eu me preocuparia em pedir perdão a todos aqueles a quem eu magoei e, principalmente a Deus. Diria para aquele garoto que amo, o quanto ele me fez feliz sem saber, o quanto me fez sonhar, viajar ao paraíso somente com um sorriso dele. Iria a Igreja, conversaria com meu Pai sobre a minha mudança para ficar mais perto dele. Reuniria todos os meus amigos, agradeceria cada momento de alegria que eles me concederam, diria que os amava muito mais do que a morte pode apagar. Passaria o resto do dia com meus familiares, principalmente minha mãe. Deitaria em seu colo, para sentir seu carinho mais uma vez. Diria a ela que ela sempre foi a pessoa mais importante da minha vida, que, apesar das mal-criações, a amo e sempre amarei, onde quer que eu esteja e que de lá de cima, olharia e padeceria por ela aqui na Terra. Ficaria assim até a hora da viagem.
Acho que se nós pensássemos dessa maneira, muita coisa mudaria. Sabe, se só lhe restasse só mais um dia, o que você faria por todos aqueles que pertencem à sua vida ?

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Um Pombo na Linha do Céu


Livre-me de suas mãos, deixe-me voar para terras distantes sobre campos verdes, árvores e montanhas. Flores e fontes em florestas, para casa, pelas veredas da via celeste. Pois este quarto escuro e solitário reflete uma sombra cheia de tristeza e meus olhos são espelhos do mundo exterior, pensando no caminho que o vento pode virar o jogo. E essas sombras mudam de púrpura em cinza. Para um simples pombo, sonhando com a abertura, esperando pelo dia em que ele possa abrir suas asas e voar novamente. Voe para longe, pombo, voe em direção aos sonhos que você há muito deixou para trás. Deixe-me apenas acordar de manhã com o aroma do feno recém-cortado, para sorrir e chorar, para viver e morrer no brilho do meu dia. Eu quero ouvir os sinos ressonantes de igrejas distantes cantarem, mas, acima de tudo, por favor me livre desta dolorosa argola de metal e abra esta gaiola voltada para o Sol. Para um simples pombo sonhando com a abertura, esperando pelo dia em que ele possa abrir suas asas e voar novamente. Voe para longe, pombo, voe em direção aos sonhos que você há muito deixou para trás. Voe para longe, pombo, voe em direção aos sonhos que você há muito deixou para trás.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Olha

Olha você tem todas as coisas
Que um dia eu sonhei prá mim
A cabeça cheia de problemas
Não me importo, eu gosto mesmo assim
Tem os olhos cheios de esperança
De uma cor que mais ninguém possui
Me traz meu passado e as lembranças
Coisas que eu quis ser e não fui
Olha você vive tão distante
Muito além do que eu posso ter
E eu que sempre fui tão inconstante
Te juro, meu amor, agora é prá valer
Olha, vem comigo aonde eu for
Seja minha amante, meu amor
Vem seguir comigo o meu caminho
E viver a vida só de amor

(Roberto Carlos)



domingo, 29 de agosto de 2010

Tudo tem um propósito

A realidade é: tudo que vem fácil vai fácil. Vira e meche sou cercada de coisas que aparentam ser injustas. Tudo acontece em nossa vida, tem um propósito, mas você infelizmente só vai descobrir isso quando este se tornar realidade. Aquele garoto canalha que te largou, aquele namorado sem vergonha que não te dá valor, aquela garota que brinca com seus sentimentos, aquela pessoa que diz que te ama, mas faz de tudo o contrário. Lhe digo uma coisa: não se ama sozinho, o amor é um conjunto, onde dois corações se unem de forma a desejarem sempre e somente o outro, onde um respeita o outro. De nada adianta amar da boca pra fora, escrever textos e textos com declarações se o essencial não se é feito.

Sei exatamente o que está acontecendo com você agora: seu coração dói e você está procurando alguma saída que não seja esta, mesmo sabendo que o melhor a se fazer acabar com essa ‘união falsa’.

Nada é pra sempre, muito menos por acaso.

Nós temos a mania de achar que aquele (a) namorado (a) que amamos tanto será pra sempre. Isso não é verdade. Sim, poderá até acontecer de Deus abençoar o namoro de vocês e vocês ficarem juntos dos 15 anos até os 60, ou quem sabe até que a morte os separe; mas tenha uma certeza: se acaso terminar, não é o fim do mundo! Pense: é melhor agora, do que quando estiverem casados. Em nossa vida encontramos muitos amores, uns mais fortes do que os outros, mas tenha a certeza que o quando encontrardes seu verdadeiro amor, saberás que é ele.

Eu tive um grande amor, sofri e sofro até hoje por tê-lo perdido, mas o que me conforta é saber que, em algum lugar, tem algo guardado pra mim. Pode ser ele, pode não ser, isso só o tempo me dirá.

Repito: não se ama sozinho; isso serve para você também que está vendo que seu relacionamento não está dando certo e prefere empurrar com a barriga para não se magoar, pois você o (a) ama, ou porque ele (a) a (o) ama. Isso seria amar por piedade (a ti ou a ele - ela), e esse é o pior tipo de amor que tem. Então, vale muito mais um distanciamento agora do que chegar a uma situação onde você não pode voltar atrás e acabar ficando preso a esta pessoa sem amá-la (pois pode acontecer).

Então, se permita, viva sua vida intensamente a cada minuto. Não se arrependa de nada que tenhas feito, mas tenha a consciência de saber o que lhe faz mal e a maturidade de acabar com isso. Nós fomos feitos para sermos livres, não podemos nos prender a algo que nos faz mal e desprendermos a muitas coisas que nos fazem bem.

Exemplo: você gosta muito de Nescau, mas Nescau te faz muito mal e prejudica sua saúde; e existe um Nesquik que você também gosta e não lhe faz mal algum. Por que você não troca aquele Nescau que tanto lhe faz mal por um Nesquik que te faz bem demais? E, por mais que ele não seja tão saboroso, na sua visão, como o Nescau, ele consegue substituí-lo, até chegar uma hora em que você se acostumou com ele, sem perigo à sua saúde e esqueceu totalmente do Nescau.

Contos de fadas existem SIM, se você permitir que aconteça. E, assim como num conto de fadas, existem vilões, bruxas... então, tome cuidado com o que aparenta ser uma simples árvore, ela pode ser uma árvore assassina! Rs

Não perca a esperança, seu Príncipe ou Princesa encantados irão aparecer, não na hora que você quer, mas na hora que Deus quer.



quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Loucura, Ápice da Liberdade


Livre para ser ou não ser

Livre para seguir qualquer vento

Ser louco o bastante pra ser livre

Ser livre pra seguir os sentimentos

Louco por querer viver um grande amor

Ser louco pra gargalhar sob uma forte chuva

Louco o bastante pra ignorar a dor

Ser livre pra andar por onde for

Loucura e Liberdade, Amor e felicidade

Ser louco pra poder ser feliz

Ser livre, louco e feliz

Quero ser louco, o mais que eu puder

Quero ser livre, o mais que eu conseguir

Ter no sangue o vírus da liberdade

E na mente a Santa Insanidade

Ser louco pra sorrir

Ser livre pra voar

Além do céu, tocar as nuvens

Ser livre e louco para amar

Loucura, ápice da liberdade

Liberdade além da própria vida

Ser louco pra poder sobreviver

Juntar à loucura o amor, a liberdade e a alegria

De ser plenamente livre e louco pra poder viver a vida...

Roberto Amorim

29/10/1999


quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Garoto insignificante U.u

Foi no dia 30 de maio de 2O1O que aconteceu a 1ª conversa produtiva. Ao me confundir com uma garota em uma festa, veio me contar do acontecido. Engraçado, não sei o que me deu para lhe adicionar, mas adicionei e hoje já não sei viver sem você. Sim, você, aquele garotinho ciumento que quase invade o computador pra me dar um puxão de orelha quando preciso, o amigo do meu ex namorado (¬¬’). Aquele garoto da boquinha de coração, que me ignora mais que tudo no msn U.u rs. Você apareceu do nada, mas veio pra ficar :D Adoro nossas conversas malucas, você defendendo a Britney com unhas e dentes HAHA. Enfim, meu anjo. Hoje é seu aniversário.. um dia que é bem legal HSUAHSUAHSUAHSUA

Parabéns, meu anjo. Muitas felicidades, muitos anos de vida. Que Deus te abençoe, ilumine e te guarde. Juízo, hein! Haha

Te amo demais <33